Tarot

É difícil estabelecer uma data precisa para a criação do Tarot. As versões mais antigas que chegaram até nós datam do séc. XIV, mas alguns estudiosos dizem que o Tarot foi inventado há milhares de anos, pelos egípcios segundo uns, ou pelos romanos ou indianos de acordo com outros pesquisadores.

Não existe nenhuma prova histórica de que isso seja verdade, mas é muito provável que o Tarot seja mesmo muito antigo, já que, desde a antigüidade, imagens e símbolos eram freqüentemente usados para iniciações religiosas, carregando simbolismos e significações que não deveriam ser expressas abertamente, devido à sua natureza secreta ou à perseguição de outras religiões, principalmente à da Igreja Católica.

O baralho do Tarot compreende 78 cartas, que se dividem em 22 Arcanos Maiores e 56 Arcanos Menores. Cada carta do Tarot apresenta um conjunto de imagens e figuras, com significados que se interligam e conversam entre si.

O Tarot é um instrumento que nos permite analisar, meditar e refletir sobre nosso passado, presente e futuro, através de seu sistema de simbologias e metáforas, guiando-nos pelo caminho do auto-conhecimento. Suas imagens, cores e símbolos possuem uma significação que, juntas, dão ao consulente (pessoa que consulta o Tarot) uma visão geral do que a carta significa.